Os cuidados necessários para comprar equipamentos para CTI

Para os profissionais de saúde, é fundamental tomar decisões rápidas e assestivas ao comprar equipamentos médicos para CTI ou aproveitar as vantagens do “preço por tempo limitado”.

Embora o equipamento e a tecnologia sejam necessários para fazer seu melhor trabalho, eles também podem ser caros e colocá-lo em uma busca constante pelas melhores e mais recentes ferramentas.

No complexo mundo da saúde, o processo de compra de novos dispositivos e tecnologia pode ser delicado, mas é importante seguir alguns passos e procedimentos para garantir um processo mais assertivo.

Primeiro, você precisa determinar qual equipamento pode ajudar melhor sua prática; então você precisa escolher um fornecedor; e finalmente precisa financiar seu investimento, ou planejar a melhor forma de compra de acordo com os recursos do hospital para o CTI.

Antes de participar da próxima feira ou aceitar a reunião de outro fornecedor, considere estas perguntas para ajudá-lo a tomar a melhor decisão de compra para o hospital ou instituição.

 

Como tomar os cuidados necessários na hora de comprar equipamentos para CTI pode tornar um centro de saúde diferenciado?

 

Diferenciar sua prática é a chave para se manter competitivo em seu mercado. Ter tecnologia de ponta pode diferenciá-lo e ajudá-lo a diagnosticar e tratar melhor seus pacientes.

Antes de iniciar, procure sempre ter em mãos o inventário dos equipamentos quebrados e antigos para auxiliar na análise das necessidades de compra. E também tenha sempre pessoas que atuam diretamente no CTI para ter como ponto de contato para eventuais dúvidas técnicas ou para analisarem juntos as melhores soluções para o hospital.

Atualizar equipamentos mais antigos pode ajudar a criar uma prática mais eficiente e inteligente. Para essa atualização é importante pesquisar sobre as tecnologias disponíveis, conectividade entre os equipamentos e possibilidade de upgrades futuros.

Além disso, pesquise sobre outras práticas e outros tipos de equipamentos que outros hospitais estejam utilizando em seus CTIs e que talvez você poderia trazer ao seu centro de tratamento intensivo também. Talvez o acréscimo de um novo equipamento, ou nova tecnologia, possa permitir que você execute novos recursos que normalmente indica a especialistas externos, ou então vai permitir prestar serviço de melhor qualidade, com mais segurança e mais agilidade para a equipe médica.

 

O investimento realmente vale a pena?

 

Conforme o equipamento fica mais velho, ele requer mais manutenção para se manter em funcionamento com desempenho padrão em uma CTI. Chamar rotineiramente os especialistas em manutenção para fazer reparos leva tempo e dinheiro, além de poder custar vidas.

Ao investir em equipamentos mais novos e confiáveis para CTI, você pode mantê-los funcionando com desempenho ideal, sem custos num grande período de tempo. Mais uma vez, é aqui que olhar para o longo prazo pode orientar uma decisão.

Seu tempo, dinheiro e pacientes graves provavelmente valem mais do que o incômodo de consertar equipamentos antigos rotineiramente.

 

Isso ajudará meu hospital a atrair os melhores talentos?

 

Parte de se manter competitivo é ter uma ótima equipe. Ao tentar recrutar e contratar os melhores talentos, ter as opções de tecnologia mais atualizadas e avançadas pode ser um fator decisivo na decisão de um colaborador em potencial.

 

Como utilizar melhor os novos equipamentos para CTI em todo o seu potencial?

 

Ter o equipamento mais atualizado pode beneficiar seu hospital de muitas maneiras, mas é importante lembrar que o treinamento para o manuseio deve ser realizado de maneira adequado.

Muitas vezes, os médicos compram os melhores equipamentos do mercado e apenas os usam para continuar fazendo as mesmas coisas que sempre fizeram.

Investir em treinamento, ou adquirir equipamentos médicos de fabricantes que já proporcionam o treinamento, garante que os equipamentos, como um cardioversor para CTI ou Ventilador pulmonar para CTI, por exemplo, sejam utilizados da melhor maneira, em seu potencial máximo, maximizando ainda mais o retorno sobre o investimento, ajudando a salvar mais vidas, e garantindo ainda o prolongamento da vida útil do equipamento.

 

Qual é a melhor forma de financiar?

 

Primeiramente, sobre a forma de aquisição, avalie bem se entre o aluguel e a compra, qual seria o modelo que faz mais sentido para o cenário do seu hospital. Analise diferentes modalidades e veja quais as vantagens de cada modelo, dependendo do capital de giro, do planejamento do hospital e outras vantagens que o fornecedor possa oferecer, muitas vezes a locação pode ser um formato muito vantajoso, até mesmo pensado a longo prazo, visto que daqui alguns anos, os equipamentos para CTI que você comprar hoje, poderão estar obsoletos. E no caso da locação, isso não se torna um problema do hospital. Mas tudo depende do planejamento e do momento que o hospital esteja passando, vale sempre uma alinhamento com o setor financeiro e de planejamento.

Caso a opção seja por comprar os equipamentos, há uma série de opções financeiras a serem consideradas, desde um empréstimo de capital de giro até uma linha de crédito, cartão de crédito, financiamento de fornecedor e cartão BNDES por exemplo. Pesquise as opções disponíveis e analise junto aos setores do hospital.

Muitos fatores devem ser considerados. Se estiver procurando um empréstimo, você pode recorrer a um credor tradicional, como um banco. As opções de leasing são frequentemente consideradas para custos de curto prazo.

No final das contas, a coisa mais importante que você pode oferecer às pessoas que precisam de serviços de CTI é o acesso ao atendimento, diagnóstico e tratamento excepcionais. Tomar as decisões de investimento certas para a sua prática pode render lucros e diversos benefícios a longo prazo.

E se você está interessado em algum produto para CTI, conheça nossos produtos e aproveite também para falar com um especialista para tirar dúvidas!

Confira e conheça alguns dos equipamentos médicos CMOS DRAKE:

BOMBA DE INFUSÃO

BOMBA DE INFUSÃO

CARDIOVERSOR VIVO

CARDIOVERSOR VIVO

MONITORES DE SINAIS VITAIS

MONITORES DE SINAIS VITAIS

VENTILADOR PULMONAR

VENTILADOR PULMONAR RUAH

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Blog