Desfibrilador para escolas: instituições de ensino podem se preparar para salvar vidas

Desfibrilador para escolas

Quanto mais cuidados houver em relação à saúde e segurança de alunos e colaboradores em ambientes como escolas, faculdades, universidades e qualquer outro local onde haja aglomeração de pessoas, melhor será para todos. Por isso, entre as medidas de segurança e prevenção e contenção de acidentes dentro desses ambientes, devemos incluir não somente extintores e kits de primeiros socorros. Mas também pensar sobre a necessidade de desfibrilador para escolas.

É importante adotar medidas de precaução contra ocorrências que envolvam acidentes; e que possam colocar em risco a integridade física de quem esteja no local.

Sendo assim, adotar ações que promovam proteção e bem-estar aos alunos e colaboradores não devem ser negligenciadas. Esses locais necessitam de um aparato completo, seguro e eficaz de primeiros socorros, com o qual será possível realizar ações emergenciais que possam contornar situações graves e até mesmo salvar vidas.

Neste artigo, você vai saber como proteger esses ambientes com medidas de prevenção que abrangem, desde treinamentos periódicos até a aquisição de equipamentos de segurança, como desfibrilador para escolas. Continue conosco e saiba mais sobre o assunto!

Quais equipamentos de segurança não podem faltar em instituições de ensino?

Alguns equipamentos de segurança em relação à saúde dos alunos e funcionários dos estabelecimentos de ensino devem constar como itens de primeiros socorros em casos de acidente.

Até que chegue a unidade de saúde responsável por atendimentos de emergência, o local deve contar com:

  • aparelhos de pressão;
  • desfibrilador do tipo DEA (desfibrilador Externo Automático). Ou seja, aquele que não exige a operação por um especialista médico, e que pode ser operado por leigos treinados (saiba em quais locais é obrigatório ter um desfibrilador cardíaco);
  • ataduras;
  • e outros insumos que podem ser utilizados até que chegue a emergência e faça o devido atendimento médico especializado.

Por que devem existir cuidados especiais nestes locais?

Qualquer local que concentra um grande volume de pessoas está propenso a vulnerabilidades relativas à segurança. As escolas e faculdades, em especial, por abrigar por muitas horas um grande números de crianças, jovens e adolescentes, necessitam de uma segurança ainda maior, já que seus pais depositam bastante confiança nesses locais.

As crianças estão sempre mais suscetíveis a acidentes, justamente por estarem sempre em constante movimento, serem mais ativas. Além de não terem muita noção dos reais perigos que podem ocorrer em uma simples brincadeira.

Por isso, todos devemos estar preparados para quaisquer acidentes, como fraturas, afogamentos (no caso de haver piscina no local) quedas, entre outros. Sendo assim, ter um bom departamento de primeiros socorros nunca é demais. E, principalmente, é importante que escolas e faculdades contem com a presença de um desfibrilador DEA ao alcance para emergências.

Clique e saiba como salvar a vida de uma criança que sofre parada cardiorrespiratória.

Qual razão para adquirir um desfibrilador para escolas?

O principal motivo para a aquisição do DEA – Desfibrilador Externo Automático por instituições de ensino é o fato de as pessoas, principalmente crianças e adolescentes, passarem longas horas em suas instalações — podendo ocorrer, como já mencionamos acima, acidentes imprevistos.

A melhor iniciativa para evitar que tais problemas se agravem é tomar medidas de primeiros socorros. Saber lidar com acidentes inesperados não é apenas manter um ambiente com itens de primeiros socorros. Mas é estar preparado para colocar uma atadura, fazer um curativo, utilizar aparelhos de pressão etc. E, para emergência cardíacas, saber realizar manobras de reanimação Cardiopulmonar, conhecidas como RCP – clique aqui e acesse o guia de Reanimação Cardiopulmonar – e, principalmente, ter um desfibrilador para escolas ou faculdades ao alcance de todos.

As emergências, principalmente as relacionadas a ocorrências cardíacas, devem ter um atendimento agilizado. Afinal, quanto mais rápido for o atendimento melhor será a recuperação.

Problemas súbitos no coração têm no tempo um grande agravante em relação à recuperação da vítima. O DEA é um aparelho que por sua agilidade e eficácia pode salvar vidas (clique e entenda como ele é utilizado), daí a necessidade de adquirir um desfibrilador para escolas e para faculdades.

Os alunos geralmente praticam todos os tipos de esportes e estão mais propícios a se acidentarem. Por isso, as chances de uma parada cardiorrespiratória ou morte súbita são maiores. Além disso, o risco de um Infarto fulminante é maior em jovens. Clique aqui e saiba o porquê.

Não seria melhor prevenir?

Na verdade, muitas mortes ocorrem anualmente por morte súbita ou por parada cardiorrespiratória. São mais de 800 pessoas por dia no Brasil. Esses episódios poderiam ser fortemente revertidos com um atendimento rápido e eficiente, que ocorra antes mesmo da chegada da ambulância ou resgate.

No entanto, muitos não sabem que, diante de uma parada cardiorrespiratória, é fundamental que o atendimento seja iniciado nos primeiros minutos. Assim, as chances de sobrevivência são maiores. Se o DEA for utilizado a tempo, e em conjunto com a aplicação de compressões torácicas, que o próprio equipamento orienta por meio do Feedback de RCP, uma vida poderá ser salva.

Prevenir enfermidades não é apenas gerar um ambiente saudável. Inclui a preparação para qualquer situação. Em especial para as emergenciais promovendo uma estrutura para um atendimento mais ágil e eficaz. A parada cardíaca não dá muita margem de tempo para esperar ajuda. Um DEA é essencial para salvar vidas. Ele pode até não prevenir uma parada cardíaca, mas é indispensável para prevenir a morte súbita. Ess pode ser causada pela parada cardíaca e arritmias cardíacas malignas que podem atingir todas as pessoas; até mesmo as aparentemente saudáveis.

Qual a eficácia do DEA – Desfibrilador Externo Automático em uma parada cardíaca?

Se a vítima for socorrida no primeiro minuto após o ocorrido, ela terá cerca de 90% de chances de sobreviver. Cada minuto na demora do atendimento médico diminui aproximadamente em 10% as chances de sobrevivência.

Nesses casos, a demora no atendimento médico é em média 18 minutos, diminuindo para 10% as chances de sobrevida. O socorro rápido, com um DEA e por pessoas treinadas, pode ser a diferença e salvar a vida de uma pessoa.

O que é um DEA – Desfibrilador Externo Automático?

O Desfibrilador Externo Automático é um aparelho seguro e de fácil manuseio que consegue por meio de análise inteligente e automatizada, fazer o diagnóstico de uma arritmia cardíaca maligna e, consequentemente, realizar a desfibrilação e salvar vidas. 

O equipamento, dependendo do caso, do estado, e das características físicas da vítima, diagnostica a necessidade do choque elétrico e ajusta automaticamente a carga de energia que deverá ser aplicada no momento da desfibrilação. O operador precisa, basicamente, saber posicionar os eletrodos nos locais certos do tórax da vítima e seguir todas as instruções que o DEA dá (em forma de voz e texto) para orientar sobre a desfibrilação, ou não; e também sobre a frequência e profundidade corretas para realizar a compressão torácica no peito do paciente, caso necessário. Clique e entenda como funciona a orientação das compressões torácicas.

O Dea também indica o momento em que o operador deverá acionar o botão de tratamento (choque elétrico). As orientações são por meio de comandos de voz, de texto e gráficos no display.

Conclusão

O que devemos ter em mente é que qualquer recurso designado para salvar vidas é sempre bem-vindo. Uma instituição que investe em um DEA sabe a importância de cuidar da vida das pessoas.

Gostou deste conteúdo? Viu como boas soluções, como a aquisição de um Desfibrilador Externo Automático, podem trazer mais segurança para instituições de ensino? Se você é gestor de uma instituição de ensino, escola ou faculdade, não pense duas vezes, adquira logo um DEA e proteja sua equipe de trabalho e seus estudantes. E, se você é estudante, ou frequenta esse tipo de instituição, procure saber se há um DEA ao seu alcance. Se não houver, cobre para que haja um para sua saúde, tranquilidade e segurança.

Quer saber mais sobre o DEA? Faça download do ebook exclusivo e saiba tudo sobre o DEA. Torne sua escola ou faculdade mais protegida e segura e com alunos e colaboradores mais satisfeitos e tranquilos.

Leia o post: A lei lucas e a importância do preparo em primeiros socorros dos professores