Como proteger sua família de acidentes cardíacos com um DEA por perto

Como proteger sua família de acidentes cardíacos com um DEA por perto

Sabia que a maior parte dos ataques cardíacos acontece quando a pessoa está dentro de casa? Por conta disso, cada vez mais, a presença de um DEA (Desfibrilador Externo Automático) tem sido indicado e procurado para que seja mantido dentro dos condomínios, ao alcance de todas as famílias.

Considerando que, somente com o atendimento correto e nos primeiros minutos do ocorrido, é que existem maiores chances de sobrevivência para quem sofre esse tipo de mal, ter acesso a esse equipamento, além de ser fundamental, faz toda a diferença para a sobrevivência da vítima.

Se você se preocupa com a segurança e com a saúde da sua família, leia este artigo. Nele, vamos explicar porque é tão importante ter o DEA por perto e como ele pode manter vivas as pessoas que você ama.

A importância do DEA

Mesmo que se tenha algum conhecimento sobre o protocolo de reanimação (compressões torácicas), somente isso não é garantia de conseguir manter a pessoa viva até a chegada do socorro em caso de emergências cardíacas. Por isso, contar com o DEA por perto é tão importante. Afinal, ele é o único meio de garantir um diagnóstico precoce. Além disso, pode fornecer um atendimento capaz de reverter uma arritmia cardíaca maligna nos primeiros minutos de parada.

Vale ressaltar que os problemas cardíacos estão entre os principais causadores de morte súbita, como já dissemos neste artigo. Mas com um DEA por perto, adquirido por meio do aluguel para seu condomínio, por exemplo, você pode ter ao alcance das mãos uma forma de prevenir que isso aconteça na sua família. E tudo isso de uma forma segura, acessível, e com diversas facilidades que a locação pode trazer a você, aos seus familiares e a todo o seu condomínio.

Como funciona o DEA?

O DEA é um equipamento desenvolvido especialmente para atendimento a vítimas de problemas cardíacos. Ele faz uma avaliação da arritmia apresentada e, caso o diagnóstico indique a necessidade do tratamento (choque elétrico, ele realiza a desfibrilação em poucos segundos.

Além de seguro — garantindo que o choque nunca seja aplicado sem a real necessidade (mesmo que o botão seja acionado acidentalmente) — ele também é autoexplicativo e pode ser manuseado por leigos treinados. Ou seja, não necessita de um médico ou socorrista especializado para realizar esse primeiro atendimento, que é tão essencial à sobrevivência da pessoa. Veja como ele funciona:

  1. comece verificando se a vítima está inconsciente e sem respiração, chamando-a em voz alta e confirmando se ela responde, ou não, aos seus estímulos;
  2. caso negativo, chame a emergência e comece a fazer as compressões torácicas, enquanto outra pessoa traz o DEA até perto da vítima;
  3. ligue o DEA e siga as primeiras orientações do aparelho, que consistem em abrir a parte de cima da roupa do paciente e posicionar os eletrodos de acordo com a imagem explicativa;
  4. nesse momento, o DEA entra em modo de análise de ritmo cardíaco. Ele indicará quais etapas devem ser cumpridas a seguir, incluindo a necessidade de choque ou não;
  5. se houve essa necessidade, basta apertar o botão indicado, lembrando de se afastar da pessoa para evitar interferência;
  6. em alguns casos, é solicitado que você continue com a RCP — Ressuscitação Cardiopulmonar. Esse procedimento é fundamental para garantir a circulação sanguínea do paciente, e, se realizado de forma eficaz, pode aumentar  em 75% as chances de sobrevivência. E para que isso de fato aconteça, é preciso que a qualidade seja garantia através do apoio e orientações que somente o DEA com dispositivo de Feedback de RCP é capaz de oferecer (clique aqui e saiba mais sobre esse dispositivo que também pode, e deve, ser solicitado juntamente com o aluguel do DEA).

A importância do Feedback de RCP no DEA

Nem todas as pessoas sabem fazer a RCP corretamente, seja por medo de machucar a vítima ou por falta de experiência. E até mesmo um socorrista treinado, sem um apoio tecnológico, é incapaz de medir com precisão a profundidade e ritmo corretos com os quais as compressões devem ser aplicadas. E tendo em vista que a quantidade e a qualidade dessas compressões fazem toda a diferença para a sobrevivência da vítima, é que o uso do dispositivo de feedback de RCP, (como o do DEA Life 400 Futura da CMOS DRAKE) vem sendo cada vez mais recomendado e adquirido para auxiliar o socorrista a um procedimento mais eficaz.

Ao conectá-lo no DEA e posicioná-lo no tórax da vítima, o dispositivo de feedback de RCP orienta (com comandos de aúdio e visuais) quanto à velocidade e profundidade que devem ser empregadas nas compressões, garantindo que elas sejam eficazes e mantenham a pessoa viva até a chegada da equipe de socorro profissional.

É importante salientar que quando as compressões são realizadas com a qualidade e eficácia necessárias, é possível dobrar ou até triplicar as chances de sobrevivência. E, para que isso de fato aconteça, é preciso contar com o monitoramento e orientações do DEA com Feedback de RCP. Por isso você deve ter um à disposição, que pode ser providenciado de forma simples através do aluguel de desfibrilador.

Porque o aluguel do DEA vale a pena

Não pense que procurar ter um DEA por perto seja um exagero no cuidado que tem com a sua família. Suponhamos que estejam em uma comemoração na sua casa e, de repente, um dos seus familiares leva a mão ao peito, indicando estar sofrendo um mal cardíaco súbito e vindo, inclusive, a desmaiar. Você saberia o que fazer para mantê-lo vivo até a chegada do socorro? Sozinho e, sem apoio tecnológico e médico, seria muito difícil. Mas com o DEA, você se torna apto a fornecer um atendimento inicial capaz de mantê-lo vivo.

Somada a essa possibilidade, se considerarmos que cerca de 30% da população tem grandes chances de sofrer uma parada cardíaca ao longo da vida, ter um desfibrilador disponível se torna a melhor maneira de garantir um socorro rápido e eficiente a quem passa por esse quadro. 

Os motivos que justificam a locação aumentam ainda mais quando lembramos que, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (Sobrac), anualmente, cerca de 200 mil pessoas morrem ao serem vítimas de arritmias cardíacas fora dos hospitais — sendo que 86% desses ataques acontecem dentro de casa, ou seja, justamente quando não há qualquer equipe de atendimento por perto.

Os outros 14% das vítimas de parada cardíaca estão em algum local público ou no trabalho. Também por isso o DEA — Desfibrilador Externo Automático se tornou um equipamento obrigatório em lugares com grande circulação de pessoas, virando lei para garantir que essa exigência fosse atendida, promovendo assim conforto e segurança dentro das indústrias e empresas em geral.

Aluguel do DEA em condomínios

O aluguel de desfibrilador está se tornando algo cada vez mais comum em condomínios residenciais. Esse cuidado é essencial para os moradores. Ainda mais porque, após um infarto, as chances de sobrevivência da vítima reduzem em até 10% para cada minuto que ela não recebe socorro adequado. Ou seja, uma pessoa em PCR — Parada Cardiorrespiratória — atendida logo no primeiro minuto, tem 90% a mais de chances de sobreviver.

Vale lembrar também que o tempo médio para a chegada do resgate é de 18 minutos. Sendo assim, quem está sofrendo a parada cardíaca pode ter suas chances de vida reduzidas para menos de 2%. E esse quadro é ainda mais grave para condomínios residenciais ou casas de fins de semana que estejam mais afastados dos grandes centros urbanos, locais onde a chegada do resgate demora ainda mais.

Imagine: se um problema desse tipo acontece dentro da sua casa, com alguém da sua família, certamente, você vai querer que ela receba o tratamento correto quanto antes, não é verdade?

Vantagens de alugar um desfibrilador

Com base em todas essas informações, ficou ainda mais claro que ter o DEA por perto é importante para você e para a sua família. Assim, fica fácil garantir um socorro rápido e eficaz em casos de problemas cardíacos como os citados anteriormente.

O aluguel do DEA, além do baixo custo que dispensa a necessidade de mobilizar capital para uma aquisição definitiva, oferece outras vantagens como:

  • atualização constante do equipamento, realizada por nossa equipe;
  • reparo ou troca do aparelho feito pela CMOS DRAKE, sempre que necessário;
  • certificado de calibração atualizado, garantindo a eficácia do equipamento;
  • garantia permanente do aparelho durante toda a vigência do contrato de locação;
  • equipamento completo, com todos os acessórios necessários para sua utilização;
  • treinamento sobre uso e manuseio do DEA (online ou presencial em algumas regiões);
  • contrato de locação completo, incluindo todos os detalhes sobre a logística de entrega e retirada do equipamento, certificado e orientações quanto aos processos de calibração ou reposição.

Saiba mais sobre o DEA da CMOS DRAKE aqui, no nosso site, e descubra como adquirir esse equipamento fundamental e trazer ainda mais segurança para quem você ama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Blog
Tudo o que você deve considerar na hora de comprar um desfibrilador DEA

Tudo o que você deve considerar na hora de comprar um desfibrilador DEA

Baixar agora
Todos os E-books