Treinamentos de Primeiros Socorros Mais Importantes Para A Sua Empresa

Admin2

17/03/2022

Treinamento primeiros socorros

Fornecer treinamentos de primeiros socorros na empresa é fundamental para garantir a segurança e saúde do colaborador, caso haja algum imprevisto. Esse suporte é especialmente importante em um país como o Brasil, que é o segundo no ranking do G20 com maior mortalidade por acidentes de trabalho.

Quais são os treinamentos de primeiros socorros mais importantes para empresas?

A Norma Regulatória número 7 (NRT) determina que toda empresa, seja ela pública ou privada, tem o dever de fornecer os materiais necessários para atender vítimas de acidentes. 

Mas não adianta garantir todos os equipamentos e não ter ninguém apto a prestar auxílio. Por isso, fornecer treinamentos de primeiros socorros é fundamental para garantir a saúde do trabalhador.

1. Treinamentos de primeiros socorros para queda

As quedas estão entre os 10 acidentes de trabalho mais comuns. Elas podem ocorrer por algum tropeço, piso escorregadio ou não uso de equipamentos de proteção individual (EPIs). Nesses casos, o que deve ser feito é:

  1. verificar se houve desmaio ou se a vítima está inconsciente. Nessa situação, é preciso ligar imediatamente para o 192 ou levar a pessoa para o hospital mais próximo;
  2. se o indivíduo estiver acordado ou consciente, é preciso verificar se houve alguma lesão, como corte ou fratura. Caso haja, é importante levar a vítima para o atendimento médico;
  3. se a vítima estiver acordada, mas confusa, sonolenta, com vômito ou atordoada, também é preciso levá-la ao hospital, pois pode haver risco de concussão;
  4. se o indivíduo não tiver batido a cabeça ou for um tombo leve, mas apresentar machucados superficiais, é possível tratar na própria empresa, limpando a região e fazendo um curativo.

2. Primeiros socorros para convulsão

Pessoas com epilepsia ou outros problemas de saúde podem apresentar uma crise convulsiva. Alguns sinais de que isso está acontecendo são:

  • desmaio e perda de consciência;
  • maior produção de saliva;
  • apatia;
  • olhar ausente ou fixo.

Na maioria dos casos, essas crises duram alguns segundos, mas podem se estender por minutos. Independentemente do tempo de duração, é importante prestar socorro:

  1. deite a pessoa no chão para evitar o risco de queda;
  2. coloque a pessoa deitada de lado, para evitar engasgo com a saliva, vômito ou com a própria língua;
  3. afrouxe roupas apertadas na região do peito ou pescoço, como gravata e camisa;
  4. espere a crise passar e quando a pessoa se restabelecer, ofereça para levá-la ao médico.

3. Primeiros socorros para infarto

Um infarto fulminante pode ocorrer devido a condições de saúde prévias ou como consequência de outros acidentes de trabalho, como choque ou queda. A melhor forma de atender a uma vítima de parada cardiorrespiratória é com o Desfibrilador Externo Automático (DEA).

Esse equipamento faz o diagnóstico da arritmia cardíaca e determina o tratamento automaticamente, por isso, pode ser operado por pessoas leigas, desde que tenham o treinamentos de primeiros socorros adequado.

Ainda não conhece esse equipamento médico? Então confira o material exclusivo que preparamos para você!

Baixe gratuitamente o e-book Tudo que você precisa saber sobre o DEA!Treinamento primeiros socorros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar para o Blog