Saúde do trabalhador: como implementar técnicas de segurança do trabalho

segurança do trabalhador

O cuidado com a saúde do trabalhador deve estar entre os mais importantes focos de um negócio. Afinal, os colaboradores são os grandes responsáveis pelo crescimento da empresa, desempenhando papéis fundamentais para o andamento das atividades.

Para se ter uma ideia da importância de implementar técnicas de segurança também na sua empresa, só em 2018, o Brasil registrou 2.022 casos de óbitos decorrentes de acidentes de trabalho, segundo o MPT (Ministério Público do Trabalho).

De acordo com o Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, é algo em torno de uma morte a cada 3 horas e 40 minutos, um número alarmante, não é mesmo?

Os dados da Previdência Social são ainda mais alarmantes, pois colocam o país na quarta posição do ranking mundial, com 1,8 milhão de afastamentos por acidente de trabalho entre 2014 e 2018.

O que fazer para que seus colaboradores não façam parte dessas estáticas? Veja neste post.

Por que cuidar da saúde do trabalhador é tão importante?

O maior ativo de uma empresa são os colaboradores. Quando esses estão bem física e mentalmente, a produtividade aumenta, o nível dos serviços e produtos oferecidos aos clientes melhora e, consequentemente, há aumento na lucratividade.

Dar a devida atenção à saúde do trabalhador é fundamental também para promover aos profissionais mais qualidade de vida e sensação de bem-estar, tanto dentro quanto fora do ambiente de trabalho.

Para a empresa, essa abordagem impacta diretamente no seu crescimento. Além disso, promover esses cuidados é essencial para:

  • melhorar índices;
  • melhorar sua reputação no mercado;
  • aumentar o engajamento dos colaboradores;
  • reduzir, ou zerar, o número de doenças ocupacionais;
  • reduzir, ou até zerar, o número de acidentes de trabalho;
  • minimizar gastos provenientes de afastamentos médicos.

Por todos esses motivos, de nada adianta investir em altas tecnologias e estratégias de vendas se a saúde do trabalhador não estiver sendo cuidada.

Como implementar técnicas de segurança?

Mas para chegar a todos esses resultados é importante saber como implementar técnicas de segurança do trabalho.

Essas técnicas são um conjunto de normas e orientações que visam prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Cabe ao RH, em parceria com os outros departamentos e gestores, providenciar para que as técnicas de segurança cheguem até as equipes e, dessa forma, pode trabalhar para a promoção da saúde do trabalhador.

Veja como a sua empresa pode dar início a essa estratégia.

1. Faça uma análise de riscos

Cada empresa tem suas particularidades, que mudam de acordo com os serviços prestados e produtos fabricados.

Por isso, é fundamental que cada organização faça uma análise dos riscos pertinentes às atividades exercidas, sempre com foco na saúde do trabalhador.

Somente com esse levantamento é possível identificar quais medidas precisam ser tomadas para evitar acidentes de trabalho ou doenças pelo exercício das profissões.

2. Não deixe problemas sem solução

Ao identificar todos os riscos que a sua empresa oferece, é preciso solucioná-los da melhor forma e o mais rapidamente possível. Do contrário, caso algo aconteça, pode ser considerado negligência por parte da organização.

Assim, ao chegar aos pontos que geram problemas ou algum tipo de perigo à saúde do trabalhador, procure soluções que preservem o objetivo da empresa, mas que também evite possíveis acidentes.

Por vezes, ouvir a palavra de quem executa as atividades pode gerar importantes ideias para resolver os problemas.

3. Conscientize os colaboradores

Mas de nada adianta criar uma abordagem se não houver a participação dos colaboradores. Por isso, é essencial criar medidas que conscientize cada profissional da importância de seguir as regras, bem como o autocuidado.

Para isso, é possível promover palestras, campanhas, criar informativos e demais meios de comunicação que levem mensagens claras, diretas e realistas.

Confira a nossa sugestão de divulgação da aquisição do DEA para sua empresa e conscientização sobre a importância do aparelho para clientes e colaboradores

4. Promova a segurança no ambiente de trabalho

Para manter a saúde do trabalhador, especialmente dentro do ambiente de trabalho, é de suma importância que a empresa forneça condições para isso.

Aqui, estamos falando de condições de trabalho adequadas, com a oferta de maquinários seguros, fornecimento de EPIs (Equipamento de Proteção Individual), acompanhamento e suporte médico etc.

Mas não apenas a parte física deve receber atenção. Cada vez mais a saúde mental está em pauta no mundo corporativo e precisa ser trabalhada.

Ambientes de trabalho com altos níveis de estresse, por exemplo, podem facilmente se tornar gatilhos para desatenção e, consequentemente, para acidentes.

Assim, se o foco da sua empresa realmente for a saúde do trabalhador é essencial cuidar do profissional como um todo, promovendo ações que zelem pelo corpo, mas também pela mente.

5. Ofereça treinamentos

Os treinamentos são importantes não apenas para ensinar como operar maquinários e equipamentos, mas também para que os colaboradores saibam como proceder em situações emergenciais.

Cursos de primeiros socorros, Suporte Básico de Vida (BLS) e focados em preparar a sua equipe para saber como usar o DEA (Desfibrilador Externo Automático) são alguns bons exemplos.

Esses conhecimentos ajudam para que os colaboradores ajam corretamente caso presenciem algum acidente, especialmente os que levam a paradas cardiorrespiratórias e a necessidade de realizarem uma RCP (Ressuscitação Cardiopulmonar).

Uma maneira de constatar ainda mais a importância desses treinamentos é submetendo seus colaboradores ao nosso quiz “A sua equipe está preparada para emergências no trabalho?

Essa ferramenta vai ajudar a testar os seus conhecimentos, dos seus funcionários e ver quanto vocês estão aptos para atuarem em momentos de emergência. Por isso, faça o teste agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Blog