Causas De Mal Súbito — Como Identificar O Problema E O Que Fazer Nesses Casos

Admin2

24/03/2022

Causas de mal súbito e o que fazer

Você sabe quais são as causas de mal súbito? É importante compreender os principais fatores que levam a essa manifestação para saber como agir, caso essa situação aconteça durante o trabalho.

A empresa precisa estar preparada para lidar com acidentes como esse e saber prestar o socorro adequado à vítima. Saiba mais lendo o texto!

Principais causas de mal súbito

As causas de mal súbito são diversas, mas em 90% das vezes está relacionado a algum problema cardíaco, como arritmias ou infartos. Também pode ser o sintoma de um AVC ou uma consequência de quadros mais leves, como desidratação ou queda de pressão.

Essa situação pode acontecer com qualquer pessoa em qualquer idade, até atletas durante a prática de esportes que exigem muito esforço físico, por exemplo. Contudo, na maioria dos casos, as vítimas são pessoas com problemas de saúde, como insuficiência cardíaca, aterosclerose, pressão alta e diabetes. O histórico familiar e o tabagismo também são  pontos de atenção.

Como identificar que um colaborador está sendo vítima de mal súbito e o que fazer

Agora que você já sabe as principais causas de mal súbito é hora de entender como essa condição pode se manifestar e como prestar socorro. Como o próprio nome sugere, os sintomas aparecem de forma repentina, podendo ser:

  • contrações musculares descontroladas;
  • rigidez muscular;
  • convulsão;
  • sensação de falta de ar;
  • dificuldade para falar;
  • dor de cabeça ou abdominal;
  • visão embaçada ou perda da visão;
  • fraqueza ou sensação de dormência nos dedos, mãos, pés ou rosto;
  • náuseas.

Caso alguém apresente esses sinais no trabalho, é preciso ligar para o serviço de atendimento emergencial ou levar a pessoa ao hospital mais próximo. Enquanto aguarda o socorro, é importante seguir as medidas abaixo para garantir a saúde do colaborador:

  1. verificar se a pessoa está consciente e respirando normalmente;
  2. deitar a pessoa com as pernas elevadas, assim garantimos que a circulação de sangue para o corpo e cérebro não seja prejudicada;
  3. afrouxar as roupas da pessoa, como gravata ou botões apertados na região do pescoço;
  4. retirar de perto qualquer objeto que possa machucar a pessoa, como tesouras, entre outros.

Além dessas medidas, veja o que não é indicado fazer nesses casos:

  • não dê nenhum tipo de comida ou bebida caso a pessoa esteja inconsciente;
  • caso ela esteja passando por uma crise convulsiva, não tente segurar ou conter a pessoa, o ideal aqui é deitá-la de lado.

O mal súbito pode, na maioria das vezes, resultar em uma parada cardíaca. Nesse caso, é importante estar preparado para prestar socorro com o uso do DEA e as manobras de RCP (ressuscitação cardiopulmonar). Para entender um pouco mais sobre o assunto, confira nosso  e-book exclusivo com tudo o que você precisa saber sobre esse equipamento!

Baixe gratuitamente o e-book Tudo o que você precisa saber sobre o DEA! Causas de mal súbito e o que fazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar para o Blog